segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Percepções de gota d'água

O mar é uma imensa gota d'água que à todas as outras chama
Chama gota que desce silêncio e cai espanto

Gota d'água tem quê de vento,
escultura do ar enquanto cai
Avisa que é gota pelo alarde ou calma em que chega
Pelo equilíbrio em folha que faz
Cada estalido é susto, nova condição

Quando segue, de tão atraída parece vontade
Gota não sabe se vai porque quer
ou se é chamada com força igual
Gota se transcende ou se aninha
Se aconchego, se abraça, redonda, gorda
E brilha e dança
Se transcendência, escorre
Ou não

Carinho discreto, presença subentendida no frescor
Gota depende da pressa
Gota depende do humor
Livre, livre não se pega
Gota se acolhe
Antes transcender a ser contida
Fluida, fluida, escorrega

Gotas a gente bebe e respira
São parte da gente, sou ela
O mar é uma imensa gota d'água que à todas as outras chama

Ai que saudade do mar!

10 comentários:

  1. Valeu esperar. O texto deixa transparecer desejos e vontades que faz a gota parecer mesmo humana... Até que compreendi que gotas "são parte da gente, sou ela". Abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que a espera valeu, Geraldo!
      Obrigada pela paciente espera e pela compreensão do meu tempo!
      Obrigada, também, por deixar aqui a sua poesia do meu poema.
      Abraços!

      Excluir
  2. Que lindo seu poema amiga, como disse o Geraldo valeu esperar um longo tempo por um poema. Parabéns! Ta lindo de mais =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amiga! Esse é pra gente que se sente tão atraído pelo mar, seja pela saudade ou pela curiosidade em conhecer, né? ;D
      Valeu mesmo por estar aqui mais uma vez e sempre!
      Beijos, amiga!

      Excluir
  3. Com toda essa percepção você descreve as fases da água contida na natureza e a que compõe o nosso corpo.
    Você abrangeu, em versos, todas as situações onde a água contribui para a vida, sendo para renovar, manter e fazer existir.
    Então, com percepção, você abrangeu a água e sua importância com sensível sabedoria... Parabéns! Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido mais novo leitor fiel, muito obrigada! Devo a inspiração desse escrito a sua imagem de fundo do Twitter, que me mata de saudade de ver o mar e me traz muitas boas lembranças da sua terra! Ainda desconhecido amigo, muito obrigada pela força e apoio! Beijão e conte comigo! :D

      Excluir
  4. Mais uma vez, você conseguiu externar a magia que reside dentro de você.....
    Obrigado por mais uma vez iluminar nossas vidas com versos que magicamente transmitem sentimentos....
    Bê....
    P.S.: Lembrei da folha de couve!!! (se era couve....)
    Bjos, saudades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :D Bê!
      Obrigada por vir! Sim! O pindo d'água lindo, lindo na folha de couve!
      Muito massa você ter se lembrado disso, meu amigo!
      Beijos!
      Saudade também!

      Excluir
  5. Simplesmente lindo!Como ja disse,amo me encontrar em seus poemas.Continue nos dando o prazer de viajar no real mundo irreal. Esse é o nosso mundo,minha amiga :)
    Te Adoro!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E esse nosso mundo é lindo e vamos sempre manter a beleza dele, minha amiga!
      Você que me acompanha desde às artes de criança, obrigada demais por me acompanhar nas artes de gente grande também!
      Eu gosto imensamente de você e da nossa amizade!
      Beijão!

      Excluir