quinta-feira, 5 de junho de 2014

A menina dança




Observei um casal a dançar: 
Yin e Yang. 
Dançam sempre pela minha casa e em toda a Vida. 
Certo dia Yin sentiu Yang querendo entrar no quarto em que estava repousando, inclusive. 
Mas o causo não é esse, não. 
O causo é que Yin e Yang resolveram dançar nas cordas de um violão: 

Yin dedilhava com os seus pezinhos. 
Intentava que Yang chegasse mais perto.
Yang, parecido com o dia claro,
ora cedia a se aproximar,
ora saltava de banda. 
A dança era samba.




(Presente de aniversário para Bárbara Maria Chaves Barbosa, com carinho.)

4 comentários: